O que é o Ativo não Circulante? Veja o Conceito e Exemplos

O que é o Ativo não Circulante? Conceito, Subgrupos e Exemplos

O que é o Ativo não Circulante? Conceito, Subgrupos e Exemplos

O que é o Ativo não Circulante? Conceito, Subgrupos e Exemplos
 

Um gestor sabe que a importância de classificar os ativos no balanço patrimonial de sua organização é essencial para mantê-la em funcionamento e regularizada.

Ativo é um aglomerado de bens, valores, créditos e direitos compostos na empresa, formando deste modo o patrimônio, que pode ter, ou não ter a intenção de revenda imediata.

Desta forma, para eficiência na operação e funcionamento da empresa, é preciso estar atento quanto às classificações e a importância do controle dos ativos, pois é com isso que os benefícios serão assertivos para a organização.

Saiba mais sobre esse assunto clicando aqui, onde apresentamos conceito, exemplos e a importância de controlar os Ativos.

Aumente o seu conhecimento sobre as classes e como segmentar os Ativos Não Circulantes de forma simples e prática, logo abaixo. Continue a leitura!

 
 

Mas o que é Ativo Não Circulante?

No Ativo Não Circulante são agrupados todos os ativos de utilização na atividade da empresa, com característica que durante o período superior de 12 meses, os bens não são facilmente convertidos em unidade monetária de modo imediato. Isto é, são o oposto dos Ativos Circulantes, que compreendem em bens e serviços que a organização oferece aos consumidores.

Assim, o Ativo Não Circulante são bens de conservação duradoura, e não são destinados ao consumidor.

Os maiores exemplos são os imobilizados: veículos, as máquinas e até mesmo os imóveis.

Ter a ciência sobre esse assunto é extremamente importante. Empresas de pequeno, médio e grande porte adotam e utilizam as 4 subcategorias do Ativo Não Circulante, conforme a pela Lei nº 11.941, em vigor no ano de 2009, artigo 178. São elas:

  1. Realizável a Longo Prazo;
  2. Investimentos;
  3. Imobilizável;
  4. Intangível.

Vamos exemplificar cada um deles. Leia-os abaixo.


 
 

1. Realizável a Longo Prazo

O Ativo Não Circulante Realizável a Longo Prazo é classificado como todos os direitos que a organização receberá após o término do período balanço patrimonial, isto é, unidade monetária que a empresa receberá em um prazo acima de ano, ou ativos com prazo indefinido.

Os exemplos clássicos são os empréstimos, as aplicações financeiras, depósito ou duplicatas que a empresa receberá após o período superior a 1 ano.

2. Investimentos

Nesta categoria são determinados todos os investimentos. Os mais comuns são ações, commodities e bitcoins, porém não se destina à especulação ou a investimento de curto prazo.

Outra característica importante é que estes investimentos servem para manutenção, investimento por objetivo de gerar lucro para a empresa, ou para expansão futura, como por exemplo a aquisição de terrenos.

3. Imobilizável

Por sua vez, Imobilizável ou Ativo Fixo, são os bens tangíveis da empresa usado em suas operações, como por exemplo: máquinas e equipamentos, móveis e utensílios, equipamentos de informática e seus periféricos, e outros.

Geralmente são os Ativos que sofrem desgaste pelo o uso físico, ocasionando a tão conhecida depreciação, corresponde à diminuição do valor do bem, resultante do desgaste pelo uso, por ação da natureza ou obsolescência normal.

Outra característica importante do Ativo Não Circulante Imobilizável é onde empresa utilizará o bem por um período acima de 12 meses, e durante este período pode haver benfeitorias neste ativo, proporcionando uma maior durabilidade, com o objetivo de manter o bom funcionamento do mesmo.

4. Intangível

Em suma, essa classe é praticamente o oposto do Ativo Não Circulante Imobilizável, e geralmente associado aos Bens Intangíveis.

Marca, softwares, patentes e clientes, são os exemplos mais comuns de Ativo Não Circulante Intangível.

Os Ativos Não Circulantes Intangível são considerados incorpóreos, por este motivo possuem valor econômico, porém são desprovidos de propriedade física, isto é, são bens que não podem ser tocados.

 
 
 
 


A importância do Ativo Não Circulante

O Ativo Não Circulante é uma parcela do balanço patrimonial, que são os bens e direitos que a organização efetivamente possui.

É importante ressaltar que as Leis 11.638/07 e 11.941/09 determina as regras sobre a estrutura do balanço patrimonial.

Elaborar um excelente balanço patrimonial interfere diretamente nos bens e direitos que a empresa possui. Com um controle e classificação corretas dos ativos em suas contas, mostrará não só o quanto a empresa lucra durante um período, mas também o quanto a empresa custa no mercado.

 
 


Organize o Ativo Não Circulante

O Ativo Não Circulante são direitos e obrigações de longo prazo, ou seja, é uma classe de Ativo, que por sua vez encontra-se dentro do balanço patrimonial, e que mediante a Lei Societária da Contabilidade deve conter os valores reais da organização, seja a curto prazo, ou a longo prazo, respectivamente Ativo Circulante e Ativo Não Circulante.

O contrato de uma empresa perito, de profissionais qualificados em controle de ativos trará ao gestor uma avaliação dos ativos com eficiência sobre o balanço patrimonial de sua organização mantendo-a em pleno funcionamento e regularizada perante a lei, que vem apresentando uma das melhores formas de obter benefícios para qualquer que seja o tamanho da organização.

Quer fazer a organização do seus ativos? Conheça o nosso serviço de Inventário Patrimonial conversando com um de nossos especialistas, estamos à disposição para esclarecer qualquer dúvida sobre o serviço: [email protected] ou (11) 2888-4747.

 
 

 

Compartilhe esse conteúdo:
 
Elberling Oliveira de Castro
Elberling Oliveira de Castro
Elberling Oliveira de Castro, formado em Engenharia de Produção na Universidade Paulista e Gestão Financeira na Anhanguera. Atualmente Consultor de Inventário Patrimonial com experiência de 3 anos. | LinkedIn: /in/elberlingoc

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar
Compartilhar
Twittar