Empresas Investem na Qualificação Profissional | AfixCode

Empresas Investem na Qualificação Profissional

Empresas Investem na Qualificação Profissional

Empresas Investem na Qualificação Profissional - Indice
 

Com dificuldades na busca de profissionais qualificados, empresas criam soluções internas para preparação de funcionários

O Instituto Locomotiva realizou uma pesquisa em 2017 que mostrou que mais de 50% dos profissionais brasileiros estão insatisfeitos no ambiente de trabalho, e apenas um terço dos entrevistados pela entidade se declarou satisfeito de modo geral. A pesquisa mostrou ainda que, infelizmente, não basta apenas um bom salário para manter os funcionários motivados e algumas das opções citadas para melhorias foram premiações em produtos e serviços e valorização da equipe por meio de qualificações.

Para a empresa se tornar preparada para os desafios do cenário atual e também futuros, é preciso investir no capital humano, pois é ele o catalisador de novas idéias, novos produtos. Para que a organização seja inovadora e competitiva é inevitável o desenvolvimento da competência dos profissionais.

Tal desenvolvimento e qualificação profissional deve ser visto como ferramenta determinante para o futuro daqueles que estão buscando uma boa colocação no mercado de trabalho, sendo assim de suma importância a organização oferecer cursos de atualização para seus colaboradores, a fim de alcançar bons resultados a longo prazo.

Profissionais e colaboradores qualificados, muitas vezes com competências específicas são os mais procurados pelas grandes organizações. Porém, segundos dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) ainda existe um grande déficit entre a oferta e o profissional qualificado. Diante dessas dificuldades, as empresas estão criando soluções internas para a qualificação educacional dos profissionais.

É necessário um esforço conjunto entre o ambiente educacional, e a empresa. Criar incentivos para que os profissionais estudem, já estão nas pautas das grandes organizações. Mas o que fazer quando somente o ambiente educacional não é o suficiente? Quando a formação do profissional requer conhecimentos específicos? A solução que muitas empresas encontram para ter essa mão de obra específica e garantir a produtividade, foi à criação de cursos na própria organização.

Esses cursos dentro da própria organização podem ser realizados dentro da jornada de trabalho, se realizados aos finais de semana ou após o expediente as participações não deixariam de ser pequenas. O interessante é que a maioria dos cursos geram certificados que ajudam na reciclagem de pessoas que já tem formação apreciarem as mudanças que aconteceram e para as pessoas que estão se formando ajuda na obtenção de horas complementares.

As exigências profissionais têm aumentado e somente uma graduação não tem sido o suficiente, pois muitas pessoas estão se formando e o mercado de trabalho não consegue contratar todas estas pessoas e um diferencial é a pós-graduação, pois é ela que vai especializar uma pessoa na sua área, caso ela seja a mesma área que atua. Muitas empresas oferecem o benefício de bolsa auxílio faculdade, assim o profissional não terá desculpa para não investir nos seus estudos.

O mercado de trabalho tem exigido também um segundo idioma e até um terceiro, para um diferencial competitivo e com a expansão da internet existem diversas opções de aplicativos para serem baixados no celular e cursos gratuitos online que ajudam as pessoas a treinarem outros idiomas. Este se torna um bom auxílio quando o tempo e dinheiro são curtos para investir em cursos presenciais. Muitas empresas também oferecem convênio com escolas de línguas para que o contato com outros idiomas fique ainda mais acessível.

As multinacionais instaladas no Brasil geralmente tem os cargos de líderes (gerentes e diretores) por estrangeiros que exigem que contatos, contratos, apresentações e entrega final de relatórios e documentos sejam feitos em inglês ou outros idiomas, ou seja, se a empresa que irá atender não estiver preparada para essas exigências externas, a mesma irá perder este cliente para a concorrência que investe na formação de seus profissionais para estarem aptos, pois é uma excelente expansão de seus negócios.

Em um mundo globalizado onde tudo muda constantemente, todos estes fatores indicam que estudo não tem hora para acabar, uma nova coisa é descoberta todos os dias e as tecnologias e legislações são renovadas. Portanto, vemos que permanecer em contato com a área de formação manterá os profissionais atualizados, assim sendo o sucesso ligado ao aprimoramento constante.

 

Torne-se um Leitor VIP

Cadastre-se gratuitamente para receber nossos artigos, dicas e conteúdos exclusivos com prioridade.

 

Mais um exemplo de iniciativa dentro de uma organização é a General Motors, que diante das dificuldades do mercado criou a primeira universidade corporativa, que já atua nos Estados Unidos, Europa e hoje já forma profissionais também do Brasil.

Inspirados nesses exemplos, empresários brasileiros já aderiram a essas iniciativas, criando cursos próprios. É o caso do Grupo AfixCode. “Após muita procura de cursos específicos para área de controle patrimonial para nossos profissionais, decidimos criar cursos próprios para qualificação e atualização do nosso capital humano” diz Orlando Oda, presidente do grupo. Segundo ele, a iniciativa deu tão certo, que em pouco tempo a procura externa começou, e hoje os cursos estão sempre cheios. “Hoje temos alunos de diversas organizações e estados”. O que começou com um curso de aprimoramento, hoje já conta com diferentes cursos ainda mais específicos, como cursos de alterações de procedimentos e leis.

As empresas ganham por terem colaboradores altamente qualificados, aumentam a retenção, produtividade, competitividade e o comprometimento. Por outro lado, a empresa também ganha visibilidade de novos profissionais que acreditam e desejam trabalhar em empresas com essa visão empresarial. “Todos aprendem, é uma troca de experiência incrível e uma ampla oportunidade de crescimento” conclui Orlando Oda.

 
 
Compartilhe esse conteúdo: [addthis tool="at-below-post"]
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *